Lupa – Djonga Testo della canzone

Lupa – Djonga Testo della Canzone. Wikitesti.com è la più grande enciclopedia musicale italiana, sul nostro sito oltre i testi delle canzoni potete trovare: traduzioni delle canzoni, accordi per chitarra, spartiti musicali e molto altro.

TESTO

Il Testo della della canzone Di: Lupa – Djonga

Pais que criam filhos como Tamagotchi
Devem ser filhos de Jorge
Não do Ben, e sim do Bush
Eu, correndo atrás do luxo
Nos ares igual Aladdin, meu tapete não puxe
Pra vocês sabonete Lux
Tão fedendo mais que boca de fumante, Lucky Strike
Somos preto bola de boliche
Eles pino branco, good luck, é strike
Óh

Olho a janela, vejo que nada mudou
Olho meus mano, pergunto: "Quem estudou?"
Universitários dizem: "Ai que dó"
A bala bate, nós dizemos: "Ai que dor"
E os moleque é igual XXTentacion
Os boy segue no telefone que nem Drake
E os moleque é meio fi, não tenta, não
Eles, bandidos de internet, um tipo fake, óh

Onde o menino do Acre some sem escrever livro
Onde não se joga baleia azul e a morte é certa no final
Exigem porte de armas
O pote pra fechar a tampa
Mal sabem que até desarmados
Estão sobre porte de arma branca

Tirando onda com a lupa mais cara
Estamos de olho
Com a lupa mais cara
Mas estamos de olho
Tirando onda com a lupa mais cara
Estamos de olho
Já que o brilho dos flash não me cega
Eu sigo de olho
Tirando onda com a lupa mais cara
Estamos de olho
Tamo vendo tudo
Nós estamos de olho
Tirando onda com a lupa mais cara
Estamos de olho
Já que o brilho dos flashes não me cega
Eu sigo de olho

Olho mágico
Pra não abrir a porta pra qualquer um
Os cara sem visão: Olho do cu
Nós Olho de Hórus
Tudo vê
Quem não tem maldade
Tudo crê
A quem merece
Tudo dê
Aqui se vive um teatro
E eu?
Eu vim pra organizar a cena
Falta oportunidade
Os menor já nasce morto
Triste e delicado
Como se sua mãe tivesse feito aborto
Toda viúva aqui é negra
Nunca vi uva antes de rico
Pra quem passou o ano com fome
Pouco importa qual ano é lírico

Tem quem diz ser Bafana Bafana
E lambe pau de bacana, bacana
Em troca de bagana, bagana
Chega a dar sono
Vesti o pijama
Geral perdido
Plantando feijão
Querendo colher couve
Tiro de doze, não cheiro de Dove
Louve
A Deus sem ser um inseto

É no beco das pernas dela que eu encontro a paz
Mas no beco tá tendo guerra, distração jamais
Tô morando na casa grande
Roubando senhor de engenho
Sou mais povão que Programa do Ratinho
Testo sua fidelidade a seus princípios
Vai vendo

Pelos moleque, pelos boombap
Pelos tu tu tu tchá tudu dum
Pela sua coroa dizendo: Go back
Mas no baile é tu tcha tududu
Tu dum
Tu dum
Tu dum
Um tiro no peito e tutu tu tu tu tu

Por todos menor
Por todos maior que se foi cedo
Pra nós falta tudo
E sobra medo
Por todos menor
Por todos maior que se foi cedo
Pra nós falta tudo, tipo dinheiro no bolso
E sobra medo

Tirando onda com a lupa mais cara
Estamos de olho
Com a lupa mais cara
Mas estamos de olho
Tirando onda com a lupa mais cara
Estamos de olho
Já que o brilho dos flash não me cega
Eu sigo de olho
Tirando onda com a lupa mais cara
Estamos de olho
Tamo vendo tudo
Nós estamos de olho
Tirando onda com a lupa mais cara
Estamos de olho
Já que o brilho dos flashes não me cega
Eu sigo de olho

Ecco una serie di risorse utili per Djonga in costante aggiornamento

Tutti i TESTI delle canzoni di Djonga

LASCIA UN COMMENTO

Please enter your comment!
Please enter your name here