Tipo – Djonga Testo della canzone

Tipo – Djonga Testo della Canzone. Wikitesti.com è la più grande enciclopedia musicale italiana, sul nostro sito oltre i testi delle canzoni potete trovare: traduzioni delle canzoni, accordi per chitarra, spartiti musicali e molto altro.

TESTO

Il Testo della della canzone Di: Tipo – Djonga

[MC Kaio:]
Ela é do tipo de mulher que não liga pra nota de 100
E qualquer proposta indecente satisfaz e fica bem
Ela dá sentadão, ela dá sentadão
E ela acende o beck e vê a lua
Um copo de vinho deixa ela maluca
Acende o beck e vê a lua
Um copo de vinho deixa ela maluca

[Djonga:]
Lembro que eu te conheci numa data qualquer
Mas logo percebi que não era uma gata qualquer
Eu disse: "A casa tá vazia, pô"
Gata, cê quer conhecer o céu sem sair da terra?
Morar na sua mente
Só pra provar que Deus é onipresente
Juro que eu não sou desses cara que conta vantagem
E chega na hora H, se mostra ineficiente
Eu não posso te oferecer dinheiro
Mas já que sou rei na minha quebrada, nega, eu te ofereço um bairro inteiro
Não vamos perder mais nenhum segundo
Desculpa, é minha mania de ser o primeiro
É que eu amo o jeito que cê senta
São noites em claro só pensando em você
Mina essa bunda é uma bença'
Pique um episódio que não posso perder
Os caracóis dos seus cabelos
Única prisão que eu aceito me prender
Te quero livre, já que tudo que vai volta
Única certeza é que eu vou sempre te ter

[MC Kaio:]
Ela é do tipo de mulher que não liga pra nota de 100
E qualquer proposta indecente satisfaz e fica bem
Ela dá sentadão, ela dá sentadão
E ela acende o beck e vê a lua
Um copo de vinho deixa ela maluca
Acende o beck e vê a lua
Um copo de vinho deixa ela maluca

[Djonga:]
Meu medo é ser mais um cara
Que morre lutando pra virar blusa de boy, naipe Che Guevara
Minha vida é essa eu tô só te explicando
Me deixa entrar e me ajuda a curar ou fecha a porta na minha cara
Tudo pra ser seu sonho bom
Seu herói, aquele que mata seu maior pesadelo
Aquele amor que quando ’cê vem
Te faz querer ficar que em um toque te arrepia o pelo
E te deixa pela ordem, os péla ontem
Perguntaram se o que nos tinha era sério
Os cara acha que sério é se prender
Ao invés de curtir um momento sincero e eterno
Eu acho que tô te querendo pra sempre
Meu pra sempre é o agora, me contento com isso
Vamos fazer amor selvagem, sou leal, leão
Entre nós sexo é compromisso
Dá preguiça de levantar da cama
Os plano a gente bola
O beck a gente trama
Pô, larguei o fumo
Bom que a gente transa, pô
A cobra deixa a onça mansa
É que eu amo o jeito que cê senta
São noites em claro só pensando em você
Mina que essa bunda é uma bença'
Pique um episódio que não posso perder
Os caracóis dos seus cabelos
Única prisão que eu aceito me prender
Te quero livre, já que tudo que vai volta
Única certeza é que eu vou sempre te ter

[MC Kaio:]
Ela é do tipo de mulher que não liga pra nota de 100
E qualquer proposta indecente satisfaz e fica bem
Ela dá sentadão, ela dá sentadão
E ela acende o beck e vê a lua
Um copo de vinho deixa ela maluca
Acende o beck e vê a lua
Um copo de vinho deixa ela maluca

Ecco una serie di risorse utili per Djonga in costante aggiornamento

Tutti i TESTI delle canzoni di Djonga

LASCIA UN COMMENTO

Please enter your comment!
Please enter your name here